23/05/2011

Truques&Dicas #2: "Reciclar" Base

Olá!
Tenho a certeza que já vos deve ter acontecido algumas vezes comprarem uma base e não ser bem a cor ou a consistência que queriam, resultado, a base acaba por ficar esquecida no armário até um dia ir para o lixo...

Já há algum tempo comprei uma base da Vichy: Dermablend, que é uma base correctiva, na cor 25 (Nude).

Na altura queria outra base da Vichy mas como não havia no meu tom de pele a funcionária da farmácia aconselhou-me esta (e aconselhou-me mal pois não era indicada para a minha pele). Eu deixei-me levar e comprei, se na altura já tivesse o blog e estivesse desperta para estes assuntos não teria comprado!
Ao chegar a casa deparei-me com uma base, que nada tinha haver com a minha pele.

A Base Dermablend é excelente para peles com muitas marcas de acne, acne, cicatrizes ou manchas, pois como está indicado na embalagem é uma base correctiva, tem uma consistência espessa e tem uma grande capacidade de cobertura, tendo que ser muito bem espalhada para não ficar com "efeito máscara".
Eu não necessito de uma base com tanta cobertura e esta foi ficando de lado, usei-a muito poucas vezes.... E estava a ver que o seu destino ia ser o lixo, pois já a tinha há mais de um ano guardada....

Foi então que terminei a minha base de eleiçãoLiftActive Flexilift Teint da Vichy e pensei que poderia reutilizar o seu frasco, por ser de vidro e com doseador. Lembrei-me então de reciclar a base que estava de lado esquecida.

Material Utilizado!
Qual o procedimento?
Lavei bem o frasco de vidro e deixei secar;
Tinha em casa três amostras de creme hidratante de rosto da Vichy, cada uma de 3 ml, que deu no total 9 ml. Foi o suficiente pois ainda utilizei algumas vezes a Dermablend;
Deitei o conteúdo da Dermablend no frasco de vidro, aproveitei bem o conteúdo desta (leia-se cortei a embalagem e limpei tudo muito bem com a ajuda de um pincel de maquilhagem);
Depois deitei as três amostras de creme hidratante de rosto e misturei tudo muito bem com o pincel;
Testei a consistência no braço e fiquei satisfeita, a cor praticamente não sofreu alterações.

Aconselho a  utilizarem um creme da mesma marca do que a base, se possível, para evitar que diferentes ingredientes façam reacção entre si. Se forem da mesma marca grande parte dos ingredientes são iguais.

Resultado Final: Base Nova e com Doseador!
Por fim, o teste mais importante, ver como ficava o produto final na minha pele! E ficou perfeito!
A consistência ficou cremosa, sem o problema de ficar imenso tempo à frente do espelho a ver se a base ficava uniforme sem efeito de máscara.
Fiquei com mais quantidade de base por ter acrescentado o creme hidratante.
Aproveitei um óptimo frasco por ter doseador é mais fácil e limpo de utilizar.
Poupei dinheiro, senão já teria ido comprar outra base!

Que acharam desta operação de reciclagem?
Também já o fizeram?
Beijinhos

8 comentários:

inês disse...

muito bom truque!

beijinhos

Charlotte disse...

Eu não sei se isso é muito boa ideia...

Os conservantes dos produtos só asseguram a validade até determinado ponto e em determinadas condições garantidas pela embalagem original e as condições de embalamento...

Ao abrires a embalagem e misturares os produtos (além de usares uma base que já estava aberta há mais de um ano) comprometes muita coisa: comprometes a estanquicidade do produto, porque abriste a embalagem e sujeitaste o produto a contaminação ao manipulá-lo; misturaste produtos com ingredientes que não sabes se são compatíveis entre si (o facto de serem da mesma marca não quer dizer absolutamente nada porque podem usar inúmeros ingredientes diferentes para fazer os vários produtos); colocaste o produto numa embalagem diferente da original e considerando que a embalagem original era opaca podes ter comprometido a integridade do produto ao colocá-lo numa embalagem de vidro exposta à luz...

A sério, não é nada boa ideia meterem-se nestas coisas de misturas de produtos e alterações de embalagens em coisas que vão aplicar na pele porque podem trazer-vos muitos problemas..

Flor De Lótus disse...

@ Inês e fiquei satisfeita com o resultado!

@ Charlotte a base tinha validade de 24 meses. Tive o máximo cuidado ao transferir para a outra embalagem, que estava devidamente seca e limpa, utilizando um pincel limpo e sem manipular com os dedos.
Tb me preocupei com a estabilidade após misturar o creme de rosto, mas a minha pele que é muito sensível não reclamou... E tentei usar o creme mais simples que tinha, um hidratante normal, logo penso que não terá princípios activos muito diferentes da base. E o primeiro teste que fiz na pele correu sem problemas.
É uma dica util nos tempos de crise que correm, claro que não é o ideal mas que desenrasca desenrasca!
Obrigada pelo comentário!

Beijinhos a ambas!

RosaPirosa disse...

Bem, tenho de concordar, não é o ideal, mas independentemente dos tempos serem de vacas gordas ou magras, é um desgovernos não se aproveitarem as coisas. Eu por acaso adoro essa base, prefiro bases de cobertura leve, mas esporadicamente uso-a e diariamente uso-a como corrector. Beijinhos*

Janina disse...

Como é lógico achei fantástico este post :) Por acaso tenho algumas bases cá em casa paradas. E já tinha ouvido em misturar creme hidratante para as clarear... vou ver se as reciclo.


beijinhos

Não mais um sexo frágil! disse...

Lindo

enyta disse...

Sou leiga em farmácia, mas não acredito que dê MUITOS problemas essas misturas, e vai depender do tipo de pele da pessoa também. Mas no caso de peles oleosas como a minha, usar um hidratante seria ruim, mesmo para peles especificamente oleosas (quase não uso hidratantes).

Márcia disse...

Não creio que o método que utilizaste vá prejudicar a tua pele, pois no Verão fui a uma sessão de maquilhagem e a maquilhadora misturou um creme hidratante à base e de seguida aplicou-me na cara.

Gostei do método e passei a usa-lo sempre que uso aquela base. É certo que nem eu, nem a maqulhadora, misturou ambos os produtos no mesmo frasco, apenas os misturamos na mão/tampa/espátula, mas creio eu que basicamente vá dar ao mesmo.