23/04/2007

Nunca é tarde

Nunca é tarde, nunca é tarde de mais!
Muitas pessoas têm a sensação que a vida é uma correria, uma rotina inalterável, por mil e um motivos. As horas, os dias, os meses, os anos passam à velocidade da luz. E tudo vai ficando para trás, sonhos, esperanças, expectativas pessoais, entre tantas outras coisas. Daí nasce a frustração, a derrota, sentimentos que jamais se coadunam com a felicidade.
Nunca é tarde para reconquistar sonhos antigos, que por algum motivo se perderam nos meandros da vida. Nunca é tarde para aprender com o nosso passado. Nunca é tarde para voltar a acreditar no amor, acreditar genuinamente, e não apenas fingir que acreditamos. Nunca é tarde para decidir mudar, pois a única coisa constante na vida é a mudança. Nunca é tarde para mudar pormenores na nossa vida, pequenos pormenores que muitas vezes fazem uma grande diferença… Nunca é tarde para aprender a valorizar as pequenas coisas da vida, para ser feliz com os pequenos momentos. A felicidade não é uma linha contínua, é feita de ocasiões, de momentos, de pessoas. Nunca é tarde para desafiar o nosso destino, para tentar a nossa “sorte”, para arriscar o nosso presente por um futuro melhor, nunca é tarde para deixar de ter medo de viver.
Ainda que ninguém possa voltar atrás no tempo e começar um novo inicio, todos podemos começar neste preciso momento e fazer um novo fim.
“Tarde demais é um tempo que não existe!”
Nunca é tarde, nunca é tarde de mais!

2 comentários:

Anónimo disse...

O que pode revelar-se um verdadeiro atraso de vida, é transformar o passado em presente e, em casos agudos, deixar que seja o passado a servir de molde ao futuro...Separar o que não interessa, arrumar muito bem nas gavetas os pequenos e grandes tesouros e deitar o lixo no lixo. Só assim o passado pode dar futuro.

Jsilvio disse...

ja que nao é tarde...é hoje que vens a machico pagar o coffeee? :P